Ideário Católico sobre Família e Sociedade a Partir dos Documentos da Igreja Católica

Clóvis Ecco

Resumo


Resumo: a família entendida como átomo da sociedade civil, conforme preconizada pela Igreja Católica, assume os preceitos de gerenciar os interesses privados, cujo bom funcionamento é imprescindível para a organização da vida social e o bem estar da coletividade. No entanto, em grande parte do século XIX, a família Ocidental na sua complexidade, não age de acordo com as pretensões e preconizações da Igreja Católica. A família age ?livremente com muitas variantes ligadas às tradições históricas, culturais e políticas de cada região. Nos Países do Ocidente, por exemplo, onde não foi oficializado o divórcio, discute-se nos meios legais a aprovação ou a rejeição do projeto de lei sobre o tema.

Palavras-chave: Família. Sociedade. Catolicismo. Religião.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v21i2.1888

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.