A Formação de Diversos Tipos de Padres Católicos na Instituição Seminário

Silvio José Benelli

Resumo


Neste artigo buscamos apresentar uma certa tipologia relativa aos padres presentes no cenário eclesial brasileiro atual. Resenhamos algumas contribuições de Antoniazzi e de Valle, bem como de Cozzens e de Comblin relativas ao tema. A principal agência de formação do clero é a instituição seminário e nossa hipótese é que ela é fortemente condicionadora dos padres que são egressos do processo formativo ali desenvolvido. Por isso estudamos alguns dos efeitos psicossociais da longa permanência no seminário na constituição da cultura clerical e do clericalismo nos seminaristas e no clero.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v19i6.1187

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis B3

Visitantes - (04/09/2017 - 21/10/2019)
País Usuários
Brasil 40.152
Estados Unidos 1.530
Portugal 886
Moçambique 331
França 297
Angola 255
Espanha/td> 105
Chile 96
Colombia 85

Fonte: Google Analytics.