Filosofia e Sociedade: uma leitura a partir, de Habermas

Diego Carlos Zanella

Resumo


O tema proposto será abordado de três maneiras: apresentando a teoria de Habermas e alguns aspectos adquiridos em Weber; apresentando o conceito de razão comunicativa como eixo de superação do paradoxo weberiano da modernidade ocidental; elaborando uma tentativa de ligação entre a leitura weberiana da ética protestante, a teoria da ação comunicativa de Habermas e a filosofia como interprete da sociedade, e, concluir-se-á com breves críticas sobre a teoria da religião em Habermas inspirada por Weber. Sendo que a teoria habermasiana da religião, que não é um aspecto isolado e também não constitui um corpo sólido e conclusivo, está ligada a três aspectos: a teoria da racionalidade, a teoria da evolução social e a teoria da sociedade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/frag.v19i5.1156

Rodapé - Fragmentos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


FRAGMENTOS DE CULTURA | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | Instituto de Filosofia e Teologia | Sociedade Goiana de Cultura | e-ISSN 1983-7828 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.