A Busca de Medicamentos pelos Funcionários, num Ambulatório de uma Indústria Calçadista

Edna Sayuri Suyenaga, Sílvia Silveira de Souza

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo verificar a busca de medicamentos pelos funcionários de uma indústria calçadista gaúcha. Houveram 529 solicitações de medicamentos, sendo 93 % dos casos, sem prescrição médica. O fármaco mais solicitado foi paracetamol, e os trabalhadores do setor que mais recorreram ao ambulatório foram o de costura, com 54,4 % dos registros.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/est.v35i6.773

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EVS | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-781X | Qualis B3

Visitantes - (05/09/2017 - 21/10/2019)
País Usuários
Brasil 51.961
Estados Unidos 1.284
Portugal 818
França 246
Moçambique 238
Angola 171
Reino Unido 61
México 61
Espanha 60

Fonte: Google Analytics.