Análise do polimorfismo na região promotora do transportador de serotonina (5-htt) em pacientes com fibromialgia e controles saudáveis

Thais Aparecida Gomes Almeida, Thaisa Rodrigues Tischer, Hellen da Silva Cintra de Paula, Antonio Márcio Teodoro Cordeiro Silva, Vera Aparecida Saddi

Resumo


Resumo: A fibromialgia é uma disfunção neuroendócrina e reumática subsequente ou associada a dores difusas, insônia, fadiga e dores musculares generalizadas. Apesar de inúmeros estudos, métodos diagnósticos e tratamentos eficazes não são relatados para a fibromialgia. A diminuição dos níveis de serotonina (5-HT, 5-hidroxitriptamina) pode ocasionar maior sensibilidade aos estímulos da dor e acredita-se que a fibromialgia seja o resultado de mudanças anormais no processamento sensorial da dor. Este estudo teve como objetivo avaliar a frequência alélica e genotípica de um polimorfismo
na região promotora do gene que codifica o transportador de serotonina (5-HTT) em um grupo de 24 mulheres diagnosticadas com fibromialgia e 20 controles saudáveis. Amostras de sangue periférico das pacientes e controles foram submetidas à extração de DNA e o polimorfismo genético foi avaliado por meio da reação em cadeia da polimerase. Os
resultados foram comparados usando o teste exato de Fisher. As frequências alélicas obtidas para as pacientes com fibromialgia
e controles foram respectivamente: alelo longo (L) 40,0% e 29,1%; alelo curto (S) 60% e 70,8% (p=0,4105). As frequências genotípicas obtidas para as pacientes com fibromialgia e controles foram respectivamente: L/L 12,5% e 15,0%; L/S 45,8% e 20,0%; S/S 41,6% e 65,0% (p=0,1900). As frequências alélicas e genotípicas obtidas para pacientes
com fibromialgia e controles não diferiram significativamente neste estudo. Uma vez que a FM é uma patologia complexa e multifatorial, a análise de uma única variável genética parece ser insuficiente para explicar a etiologia da doença.
Palavras-chave: Fibromialgia. Serotonina. Polimorfismo. Região promotora. Proteína transportadora membranar plasmática
de serotonina.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/est.v43i1.5193

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EVS | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-781X | Qualis B3

Visitantes - (05/09/2017 - 21/10/2019)
País Usuários
Brasil 51.961
Estados Unidos 1.284
Portugal 818
França 246
Moçambique 238
Angola 171
Reino Unido 61
México 61
Espanha 60

Fonte: Google Analytics.