A Percepção das Perdas no ?â??mbito Psicossicial de Indivíduos com Deformidades na Face em Decorrência da Hanseníase

Dagoberto Miranda Barbosa, Débora Machado Orlando Silva, Elen Thaís de Araújo Rosa

Resumo


Este estudo objetiva oferecer uma visão global das deformidades faciais e das perdas psicossociais sofridas pelos moradores da Colônia Santa Marta. Examinou-se de forma qualitativa, por meio de análise bibliográfica e pesquisa de campo, o âmbito dessas perdas e as conseqüências perpetradas na vida dos indivíduos. As informações levantadas reforçam a representação social da hanseníase e mostram a influência dos muitos anos de exclusão e estigma que a doença carrega, com reflexos no indivíduo, privando-o de um convívio social produtivo e saudável.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/est.v34i1.310

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EVS | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-781X | Qualis B3

Visitantes - (05/09/2017 - 21/10/2019)
País Usuários
Brasil 51.961
Estados Unidos 1.284
Portugal 818
França 246
Moçambique 238
Angola 171
Reino Unido 61
México 61
Espanha 60

Fonte: Google Analytics.