Distúrbios de Linguagem e Epilepsia

Daniella de Miranda Ferreira, Tatiane de Oliveira Souza, Larissa Seabra Toschi

Resumo


Este estudo buscou traçar o perfil lingüístico de indivíduos portadores de epilepsia, com idade entre 4 e 14 anos, na tentativa de estabelecer uma relação entre distúrbios de linguagem e epilepsia com base numa amostra do Centro de Referência, Tratamento e Pesquisa em Epilepsia (CERTEPE-Goiânia). Alterações de linguagem estiveram presentes em 100% dos sujeitos da amostra pesquisada.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/est.v33i3.297

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EVS | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-781X | Qualis B3

Visitantes - (05/09/2017 - 21/10/2019)
País Usuários
Brasil 51.961
Estados Unidos 1.284
Portugal 818
França 246
Moçambique 238
Angola 171
Reino Unido 61
México 61
Espanha 60

Fonte: Google Analytics.