Caracterização Físico-química e Clones de Batata-doce de Polpa Alaranjada nas Condições de Palmas-TO

Leonardo Ramos da Silveira, Viviane Basso Chiesa, Viviane Basso Chiesa, Iane Brito Tavares, Iane Brito Tavares, Rafaella Carvalho de Souza, Rafaella Carvalho de Souza, Márcio Antônio da Silveira, Márcio Antônio da Silveira, Denise Gomes Alves, Denise Gomes Alves, Waldesse Piragê Junior, Waldesse Piragê Junior

Resumo


Resumo: o objetivo deste artigo foi obter informações
a respeito da produtividade e características físicas químicas
da batata-doce de polpa alaranjada visando o consumo
humano e animal e sua potencialidade para utilização na
indústria alimentícia. Após análise estatística dos resultados
obtidos (produtividade, danos mínimos causados por
insetos, matéria-seca (massa seca), cinzas, sólidos solúveis
e amido), os clones BD# 09 e do BD#35 foram os mais produtivos
e com os melhores valores de danos mínimos, o clone
BD#02 é o mais produtivo em termo de matéria-seca, o
BD#36 destacou-se com o maior percentual de amido com
47,62%.

Palavras-chave: Batata-doce. Características ficisoquímicas.
Amido.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/est.v38i2.2198

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EVS | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-781X | Qualis B3

Visitantes - (05/09/2017 - 21/10/2019)
País Usuários
Brasil 51.961
Estados Unidos 1.284
Portugal 818
França 246
Moçambique 238
Angola 171
Reino Unido 61
México 61
Espanha 60

Fonte: Google Analytics.