EDUCAÇÃO NA FRONTEIRA DO BRASIL E PARAGUAI: AS MEMÓRIAS DE PROFESSORAS DE CRIANÇA

Luciene Cléa da Silva, Magda Sarat

Resumo


Este artigo, resultado de pesquisa, objetivou conhecer a organização da educação para crianças no Brasil e no Paraguai, no período de 1988 a 2001. Trabalhamos com a história oral temática, realizando entrevistas com duas professoras de Ponta Porã (BR) e uma de Pedro Juan Caballero (PY). Foi possível constatar, a partir das memórias das entrevistadas, similitudes históricas e legais na educação de crianças nos dois países, bem como no processo formativo e nas práticas rememoradas pelas professoras. Assim, estabelecemos alguns diálogos entre as experiências docentes favorecendo uma rede de interdependências recíproca.

Palavras-chave


Educação. Fronteira. Interdependência

Texto completo:

PDF

Referências


ALBERTI, V. Histórias dentro da história. In: PINSKY, C. B. (org.). Fontes históricas. São Paulo: Contexto, 2011.

AZEVEDO, G; SARAT, M. História da infância no Brasil: contribuições do processo civilizador. Educação e Fronteiras online. Dourados/MS, v.5, n.13, p.19-33, jan./abr. 2015.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988, 305 p.

BRASIL. Estatuto da Criança e do Adolescente. Lei nº 8.069, de 13 de junho de 1990.

BRASIL. IBGE. Censo Demográfico, 2018. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ms/ponta-pora/panorama. Acesso em: dez. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 9394, de 20 de dezembro de 1996. Dispõe sobre as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF: MEC, 1996.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Brasília, DF: MEC/SEF, 1998.

CERTEAU, M. de. A invenção do cotidiano. 3. ed. Petrópolis: Editora Vozes, 1998.

CORAZZA, S. M. Infância e educação: era uma vez - quer que conte outra vez? Petrópolis: Vozes, 2002.

CORSARO, W. A. Sociologia da infância. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2011.

ELIAS, N. O processo civilizador: uma história dos costumes. Tradução de Ruy Jungmann. Rio de Janeiro: Zahar, 1994.

ELIAS, R. Análisis de la reforma educativa en Paraguay: discursos, prácticas y resultados. Buenos Aires. CLACSO Editorial: 2014. Disponível em: http://biblioteca.clacso.edu.ar/clacso/becas/20140905063251/IFRE.pdf. Acesso em: 13 jan. 2017.

HEIDEGGER, M. Poetry, language, Thought. New York: Haper & Row, 1971. Building, dwelling, thinking.

HYPOLITO, Á. M. Trabalho docente, classe social e relações de gênero. Campinas, SP: Papirus, 1997.

LOURO, G. Mulheres na sala de aula. In: PRIORE, Mary Del. História das mulheres no Brasil. São Paulo: Contexto, 1997.

MATOS, V. J; SENNA, K. A. História oral como fonte: problemas e métodos. Revista Historia e Rio Grande, v. 2, n.1, p. 95-108, 2011.

PARAGUAY. Constitución de la República de Paraguay, 1992. Disponível em: http://jme.gov.py/transito/leyes/1992.html. Acesso em: out. 2017.

PARAGUAY. MEC/PY – Ministerio de Educación y Ciencias. Disponível em: https://www.mec.gov.py/cms/. Acesso em: jan. 2019.

PARAGUAY. Ley General de Educación, 1998. Disponível em: https://www.mec.gov.py/cms/. Acesso em: out. 2017.

PARAGUAY. Ley n° 1.680/01. Código de La Niñez y la Adolescencia. Disponível em: https://www.mec.gov.py/cmsmec/wp-content/uploads/2010/02/codigoinfancia.pdf. Acesso em: out. 2017.

PEREIRA, J. H. do V. A especificidade de formação de professores em Mato Grosso do Sul: limites e desafios no contexto da fronteira internacional. InterMeio - Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação, Campo Grande, MS, v.15, n. 29, p.106-119, jan./jun. 2009.

SCHAFFER, N. O. Práticas de integração nas fronteiras: temas para o MERCOSUL. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 1995.

SARAT, M. A Infância e a formação civilizada do indivíduo em Norbert Elias. In: Simpósio Internacional Processos Civilizadores: Civilidade, Fronteira E Diversidade, 14. Dourados, MS, 2012. Seminário do Grupo de Pesquisa, Educação E Processo Civilizador, 4. Anais... Dourados, MS, 2012. (CD).

UNESCO-IBE. Paraguay: Principios y objetivos generales de la educación. Word Data on Education. 6th edition, 2006. Disponível em: http://www.ibe.unesco.org/fileadmin/user_upload/archive/Countries/WDE/2006/LATIN_AMERICA_and_the_CARIBBEAN/Paraguay/Paraguay.htm. Acesso em: out. 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/educ.v21i2.7400

Direitos autorais 2019 Luciene Cléa da Silva, Magda Sarat

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EDUCATIVA | Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7771 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.