Educação Musical a Distância: formação continuada do docente da educação infantil

Everton Tomiazzi, Raquel Rosan Christino Gitahy

Resumo


Resumo: Esta pesquisa objetivou investigar possíveis contribuições da formação continuada a distância aos professores da Educação Infantil para (re) significação da importância da educação musical. Como sujeitos da pesquisa foram selecionados seis alunos do curso de aperfeiçoamento “A linguagem musical na Educação infantil”. Para recolha dos dados foram realizadas três fases: Referencial Teórico; ‘Questionário Perfil’ e ‘Questionário Saber Prévio’; e, por último, ‘Questionário saber’, após a realização do curso. Os resultados evidenciaram que a educação a distância, contribuiu para o conhecimento docente, disponibilizando aprendizagem de qualidade a um grande número de pessoas, de formações distintas e demograficamente distantes uma das outras.

Palavras-chave: Educação Musical. EAD. Formação continuada. Educação Infantil.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/educ.v19i1.5021

Direitos autorais 2016 Everton Tomiazzi, Raquel Rosan Christino Gitahy

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EDUCATIVA | Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7771 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 25/06/2020)

Fonte: Google Analytics.