Estratégias de Mediação e Construção Compartilhada de Conhecimento entre Surdos

Hamilton Viana Chaves, Veriana de Fátima Rodrigues Colaço

Resumo


Resumo: O objetivo desta pesquisa foi compreender o papel das estratégias de mediação utilizadas por surdos, quando estes construíam conhecimento compartilhado. O estudo, realizado num centro de apóio ao surdo, com apenas duas duplas daquela instituição teve enfoque etnográfico. Foram filmadas as atividades das duplas e seguiu-se à transcrição do material destinado à análise microgenética. Tomou-se como unidade de análise a atividade discursiva dos alunos. As teorias que orientaram esse trabalho foram: a teoria histórico-cultural de Vygotski e a teoria da linguagem de Bakhtin. Analisamos as diferentes estratégias para as operações de soma e divisão no âmbito das funções psicológicas superiores. O estudo das estratégias permitiu realizar uma reflexão em torno da idéia de que a psicologia poderia estabelecer como foco a experiência visual dos surdos, discurso este para além da deficiência.

Palavras-Chave: Mediação; Surdez; Teoria Histórico-Cultural; Teoria Dialógica; Análise Microgenética

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/educ.v19i1.5017

Direitos autorais 2016 Hamilton Viana Chaves, Veriana de Fátima Rodrigues Colaço

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EDUCATIVA | Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7771 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.