AS OBRAS DE ARTE PARA A COMPREENSÃO DA CULTURA CORPORAL: CONTRIBUIÇÕES E POSSIBILIDADES PARA O ENSINO DA EDUCAÇÃO FÍSICA

Janaína Fornaziero Borges, Telma Adriana Pacifico Martineli

Resumo


Esta investigação objetivou analisar a contribuição das obras de arte Jogos Infantis de Pieter Bruegel e O circo de Georges Seurat para a compreensão da cultura corporal no Livro Didático Público do Estado do Paraná. As análises possibilitaram constatar o caráter ilustrativo das imagens, bem como a descontextualização histórico-cultural das obras e de seus autores. Concluímos que as obras de arte se configuram em uma fértil possibilidade de atividade de ensino-aprendizagem da cultura corporal, entretanto, é necessário avançar nas produções didáticas, superando as incongruências apresentadas no Livro analisado, valorizando as imagens das obras de arte, seus artistas e o contexto de sua produção.

Palavras-chave


Obra de arte; Educação Física; Cultura Corporal; Pieter Bruegel; Georges Seurat.

Texto completo:

PDF

Referências


ARGAN, G. C. Arte moderna: do iluminismo aos movimentos contemporâneos. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

ARGAN, G. C. Clássico anticlássico: o renascimento de Brunelleschi a Bruegel. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

BARBOSA, A. M. A imagem no ensino da arte: anos oitenta e novos tempos. São Paulo: Perspectiva, 2008.

BARROCO, S. M. S.; SUPERTI, T. Vygotsky e o estudo da psicologia da arte: contribuições para o desenvolvimento humano. Revista Psicologia e Sociedade. Belo Horizonte, v. 26, n. 1, p. 22-31, 2014.

BUORO, A. B.O olhar em construção: uma experiência de ensino e aprendizagem da arte na escola. 5. ed.Sao Paulo: Cortez, 2001.

GOMBRICH, E. H. A História da Arte. 16. ed. Rio de Janeiro: LTC, 1999.

GOVERNO DO PARANÁ. Estado do Paraná. Disponível em: http://www.sppert.com.br/Artigos/Brasil/Paran%C3%A1/Estado_do_Paran%C3%A1/. Acesso em: 10 jan. 2015.

HESLEWOOD, J. História da pintura ocidental: guia para jovens. Lisboa: Caminho, 1994.

LEONTIEV, A. O desenvolvimento do psiquismo. São Paulo: Centauro, 2004.

LUKÁCS. G. In: MARX, K.; ENGELS, F. Cultura, arte e literatura: textos escolhidos. São Paulo: Expressão Popular, 2010.

MANGUEL, A. Lendo imagem. São Paulo: Companhia das letras, 2001.

MARTIINELI, T. A. P.; ALMEIDA, E. M. DE. Contribuições da concepção vigotskiana de arte para o ensino da cultura corporal. Psicologia Escolar e Educacional, SP, v. 21, n. 3, p. 523-531, set./dez. 2017.

MARX, K. In: MARX, K.; ENGELS, F. Cultura, arte e literatura: textos escolhidos. São Paulo: Expressão Popular, 2010.

PARANÁ. Secretaria de Estado da Educação. Livro didático público: Educação Física. Vários autores, Curitiba, SEED-PR, 2006.

RODRIGUES, D. L. MARRONI, P. C. T. Pieter Bruegel e os jogos infantis: imagens medievais como origem das práticas corporais contemporâneas. Jornada de Estudos Antigos e Medievais. Anais..., p.39, 2012. Disponível em: http://www.ppe.uem.br/jeam/anais/2012/pdf/r-z/39.pdf. Acesso em: 13 nov. 2014.

SANTOS, D. Trabalho, cotidiano e arte: uma síntese embasada na Estética de Georg Lukács. Estudos Avançados, São Paulo, v. 31, n. 89, jan./abr. 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142017000100341&fbclid=IwAR2eWLlAjof-iFRAsDYaWqcY1cIG9t1thWlGsRts9QGoMtZ1c7JanO_SXqQ. Acesso em: 18 mar. 2019.

SOARES, C. L. Educação física: raízes europeias e Brasil. Campinas: Autores Associados, 2004.OARES, C. L. Imagens da educação no corpo: estudo a partir da ginastica francesa no século XIX. 3. ed. Campinas: Autores Associados, 2005.

SOARES, C. L. et al. Metodologia do ensino de Educação Física. São Paulo: Cortez, 1992.

SOBRINHO, J. P. de S. Formação em educação física: uma análise à luz da centralidade do trabalho. 2009. 204 f. Dissertação (Mestrado)-Programa de Pós-graduação em educação Brasileira da Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, 2009.

VIGOTSKI, L. S. A psicologia da arte. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

Vigotski, L.S. La imaginación y el arte enla infância. Ensayo psicológico. Madrid: Ediciones Akal, 2006




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/educ.v21i2.4493

Direitos autorais 2019 Educativa

Rodapé - Educativa
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


EDUCATIVA | Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE | Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-7771 | Qualis CAPES Preliminar 2019 = B1

Visitantes - (04/09/2017 - 03/12/2019)

Fonte: Google Analytics.