Educativa

A revista Educativa, com periodicidade quadrimestral, é editada pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, destina-se à publicação de estudos acadêmico-científicos, objetivando o intercâmbio de ideias e a ampliação do conhecimento no âmbito da Educação. A Educativa está aberta à publicação de trabalhos inéditos que tomem como objeto de suas reflexões o estudo do fenômeno educativo, tendo como referência fundamental os seguintes eixos: teorias da educação e processos pedagógicos; história da educação, estado, instituições e políticas educacionais; sociedade, educação e cultura. As seções editorias da educativas são: Artigos Temáticos – destinada a publicação de trabalhos de diferentes concepções sobre uma mesma temática, visando difundir a produção decorrente de demandas contínuas do debate educacional; Temas em Debate – oferece espaço editorial para trabalhos que contemplem a diversidade temática do campo da Educação; Ponto de Vista – divulga trabalhos com diferentes formatos, visando atender à demanda contínua do debate educacional sobre temas atuais, polêmicos ou emergentes. Está indexada no BBE - Bibliografia Brasileira de Educação (Brasil, Cibec/Inep/MEC), no Latindex, no Indice Bibliográfico Clase – Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades, UNAM, no DOAJ, PKP | Index e Livre. Qualis B1. e-ISSN: 1983-7771

Indexadores/Base de Dados/Diretórios/Portais/Índices:

LATINDEX CLASE BBE/Cibec/Inep DOAJ LivRe ERIHPLUS

iresie LatinREV


v. 20, n. 1 (2017)


Capa da revista


Edgar Süssekind de Mendonça (*25/08/1896 - †24/02/1958) pertencia a uma família da elite intelectual brasileira, filho de Lúcio Mendonça, escritor, que ao lado de Machado de Assis foi um dos criadores da ABL, e de Anita Süssekind de Mendonça, pintora. Ainda jovem tornou-se defensor da memória de Euclides da Cunha e, juntamente com o irmão Carlos Süssekind, criou o Grêmio Euclidiano no Colégio Pedro II, em 1911. Casou-se em com Armanda Álvaro Alberto (homenageada no v. 15, n. 2, 2012 da Educativa). Foi militante no campo da educação e participou da criação da Associação Brasileira de Educação. É destacado como um dos mais importantes fundadores da Escola Proletária de Meriti, inaugurada em 13/02/1921, posteriormente denominada Escola Regional de Meriti. Os fundadores visavam constituir como uma experiência de escola moderna, laica, com foco nos princípios de educação popular e regionalismo, e com métodos ativos. Nela atuou como professor e como secretário. Sua forte oposição ao ensino religioso nas escolas o lhe rendeu muitas críticas, inclusive com agressão física, como a que ocorreu em 1934, no Congresso de Educação no Ceará. Defendeu a Educação Supletiva tendo dela uma concepção crítica, inclusive quanto à denominação de “supletiva”, por parecer que seria apenas um apêndice da educação que o indivíduo deveria receber. Também defendeu a extensão cultural no currículo escolar e o papel educativo dos museus. Edgar e sua esposa Armanda foram presos em 1935, acusados pelo Estado Novo de Getúlio Vargas de serem comunistas e mais tarde absolvidos por falta de provas. Antes, ele já lecionava no Curso Normal do Instituto de Educação (Rio de Janeiro), que era referência nacional para a formação de professores, no qual voltou a lecionar em fins de 1945. Traduziu para o idioma português uma parte de O mundo da criança, coleção com mais de criação 4 mil páginas, um dos primeiros produtos editados no Brasil para crianças. Teve grande contribuição e importância para o ensino do desenho gráfico, produziu livros didáticos com foco no desenho gráfico e no grafismo na criança. Livro Curso de Desenho para o Ensino Secundário foi publicado na Coleção Biblioteca Pedagógica Brasileira, dirigida por Fernando de Azevedo. Além de influenciar, por meio de suas publicações, no desenvolvimento do design gráfico no Brasil, sua atuação promoveu mudanças no ensino profissional do Desenho.

Este resumo biográfico baseou-se em informações contidas nas seguintes publicações: LESSING, Doris. Edgar Süssekind de Mendonça: a Educação em museus e o ensino do Desenho Gráfico. In: BARBOSA, Ana Mae. Redesenhando o Desenho: educadores, política e história. São Paulo: Editora Cortez, 2015. p. 287 – 308.; MENDONÇA, Edgar Süssekind de. A escola regional de Meriti (realizações e Projetos). In: ALBERTO, Armanda Álvaro (Org.). A escola regional de Meriti: Documentário: 1921 – 1964. Brasília: Inep / CEPEMHEd, 2016, 209 p.: il. pp. 27 – 36.