JUVENTUDES E UNIVERSIDADE: OS DESAFIOS DA FORMAÇÃO DE JOVENS NO TEMPO PRESENTE

Aldimar Jacinto Duarte

Resumo


A realidade atual tem colocado grandes desafios para as Instituições de Ensino Superior. Este artigo tem o objeto de analisar tais desafios frente a uma condição juvenil que tem se apresentado cada vez mais complexa frente a uma sociedade que se caracteriza pela desconstrução da democracia e pelo aumento das desigualdades sociais. Parte-se das contribuições analíticas de Bourdieu, Chauí, Coelho, Duarte, Frigoto, Gramsci, Teixeira e outros autores que contribuíram e contribuem na análise da questão social no mundo contemporâneo e da condição juvenil, em especial na busca da construção de uma sociedade democrática e igualitária.

Palavras-chave


Juventudes; Formação; Desigualdades; Educação.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, Perry. Balanço do Neoliberalismo. In: SADER, Emir; GENTILI, Pablo (org.). Pós-neoliberalismo: as políticas sociais e o Estado Democrático. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

BAUMAN, Zigmunt. A sociedade Individualizada: vida contada e histórias vividas. Rio de Janeiro: Zahar editora, 2008.

BOURDIEU, Pierre. Meditações Pascalinas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001.

BOURDIEU, P. Contrafogos: táticas para enfrentar a invasão neoliberal. Rio de Janeiro: Jorge Zahar editora, 1998.

CHAUÍ, Marilena. Sociedade, universidade e estado: autonomia, dependência e compromisso social. In: A UNIVERSIDADE NA ENCRUZILHADA. Seminário Universidade: por que e como reformar? Brasília: Unesco, 2003.

COELHO, Ildeu M. Repensando a Formação de Professores. Nuances: Estudos sobre educação, Presidente Prudente, SP, Ano IX, v. 09, n. 9-10, p. 47-63, 2003.

CUNHA, João Batista Coelho. Educação, Juventudes e Participação Política: os sentidos atribuídos pelos jovens à ocupação de escolas em Goiás entre 2015 e 2016. (Dissertação de mestrado em Educação). Goiânia, Pontifícia Universidade Católica de Goiás, 2019.

DUARTE, Aldimar Jacinto. Jovens urbanos da periferia de Goiânia: espaços formativos e mediações escolares. Curitiba: Editora CRV, 2017.

DUARTE, Aldimar Jacinto. Juventude, movimentos sociais e participação política no Brasil entre os anos de 2013 a 2015. Educativa, Goiânia, v. 19, n. 1, p. 884-901, 2016. Disponível em: http://seer.pucgoias.edu.br/index.php/educativa/article/view/5442/3014. Acesso em: 09 out. 2019, 10:30.

FRIGOTTO, Gaudêncio. A gênese das teses do Escola sem Partido: esfinge e ovo da serpente que ameaçam a sociedade e a educação. In: FRIGOTTO, G. (org.). Escola “sem” Partido. Rio de Janeiro: LPP/UERJ, 2017.

GOMES, Marcilene Pelegrine; DUARTE, Aldimar Jacinto. Desigualdade social e o direito à educação no Brasil: reflexões a partir da reforma do ensino médio. Inter-Ação, Goiânia, v. 44, n. 1, p. 16-31, 2019. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/interacao/article/view/55708/33069. Acesso em: 09 out. 2019.

GUIMARÃES, Maria Tereza Canezin; DUARTE, Aldimar Jacinto. Jovens urbanos da EJA e os usos sociais do tempo. 32ª Reunião anual da Anped, Caxambu. 04 a 07 de outubro de 2009. Disponível em: http://32reuniao.anped.org.br/arquivos/trabalhos/GT18-5346--Int.pdf. Acesso em: 15 out. 2019.

GRAMSCI, Antônio. Apontamentos e notas dispersas para um grupo de ensaios sobre a história dos intelectuais. Cadernos do Cárcere. Vol. 2. São Paulo: Civilização Brasileira, 2000 (1932).

HOBSBAWM. Eric. O que a história tem a dizer-nos sobre a sociedade contemporânea? In: Sobre História. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

IANNI, Otávio. O jovem radical. Industrialização e Desenvolvimento Social no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1963.

IBASE; POLIS. Juventude e integração Sul-Americana: caracterização de situações-tipo e organizações juvenis. Demandas para a construção de uma agenda comum. Rio de Janeiro: IBASE; São Paulo: POLIS, 2008.

KURLANSKY, Mark. 1968, o ano que abalou o mundo. Rio de Janeiro: Editora José Olympio, 2005.

SADER; PAOLI, M. Celia. Sobre Classes populares no pensamento sociológico brasileiro. In: CARDOSO, R. (org.). Aventura Antropológica: teoria e pesquisa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.

SEGOVIA, Diego et al. Sociedades sul-americanas: o que dizem jovens e adultos sobre as juventudes. Rio de Janeiro: IBASE; São Paulo: PÓLIS, 2009.

SPOSITO, Marília Pontes. Algumas reflexões e indagações sobre as relações entre juventude e escola no Brasil. In: ABRAMO, Helena Wendel; BRANCO, Pedro Paulo Martoni (orgs.). Retratos da juventude brasileira: análises de uma pesquisa nacional. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2005. p. 87-128.

TEIXEIRA, Anísio. Educação e o Mundo Moderno. São Paulo: Editora Nacional, 1977.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/cam.v18i1.7753

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Aldimar Jacinto Duarte

Rodapé - Caminhos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


CAMINHOS | Revista do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-778X | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (09/03/2016 - 10/08/2020)

Fonte: Google Analytics.