AS TEOLOGIAS E PRÁTICAS POLÍTICAS DOS MOVIMENTOS (ECO)FEMINISTAS

Ivoni Richter Reimer

Resumo


Apresenta panorama histórico de movimentos feministas e ecofeministas, em seus vários contextos e tendências. Destaca interações entre esses movimentos e mulheres no campo da religião, da teologia e da espiritualidade. Situa avanços e retrocessos historicamente no âmbito de estruturas e sistemas de dominação. Elenca alguns desafios e revisões necessários em relação às emergências que surgem em novo contexto político-ideológico nacional e internacional.

Palavras-chave


Teologia; Ecofeminismo; Religião; Movimentos Feministas; História

Texto completo:

PDF

Referências


BRANDALISE, Camila; CAVICCHIOLI, Giorgia. Revolução feminista. Isto É, ed. 2569, 22/03/2018, 12 p. Disponível em: https://Istoe.Com.Br/Revolucao-Feminista/. Acesso em: 26 mar. 2019.

CANDIOTTO, Jaci de Fátima Souza. A teologia ecofeminista e sua perspectiva simbólico/cultural. Horizonte, Belo Horizonte, v. 10, n. 28, p. 1395-1413, out./dez. 2012.

CARDOSO, Nancy Pereira. Onde estiver o seu tesouro ali também o seu coração: mineração, tecnologia e economia em Jó 28. Caminhos, Goiânia, v. 14, n. 1, p. 96-110, 2016. Disponível em: http://seer.pucgoias.edu.br/index.php/caminhos/article/view/4828/2694. Acesso em: 16.06.2019.

COSTA, Ana Alice Alcantara. O Movimento Feminista no Brasil: dinâmicas de uma intervenção política. Revista Gênero, Rio de Janeiro, v. 5, n. 2, p. 1-20 (pdf), 2005. Disponível em: http://www.revistagenero.uff.br/index.php/ revistagenero/article/view/380/285. Acesso em: 26 mar.2019.

FLORES, Bárbara Nascimento; TREVIZAN, Salvador Dal Pozzo. Ecofeminismo e comunidade sustentável. Estudos Feministas, Florianópolis, v. 23, n. 1, p. 11-34, 2015.

GEBARA, Ivone. Teologia ecofeminista: ensaio para repensar o conhecimento e a religião. São Paulo: Olho d’Água, 1997.

GEBARA, Ivone. Ecofeminismo, um jeito de abraçar as diferenças e construir um mundo diferente. Entrevista com Ivone Gebara, por Maricel Mena López. Mandrágora, São Bernardo do Campo, n. 6, p. 79-84, dez. 2000.

HOORNAERT, Eduardo. Ecofeminismo e imaginário cristão. Mandrágora, São Bernardo do Campo, v. 20, n. 20, p. 45-58, 2014.

LASSAK, Sandra. Comunidades de Resistência e Libertação: a influência da Teologia (Feminista) da Ibertação no Movimento de Mulheres Camponesas. Caminhos, Goiânia, v. 10, n. 2, p. 90-109, jul./dez. 2012. Disponível em: http://seer.pucgoias.edu.br/index.php/caminhos/article/view/2456/1518. Acesso em: 20 set. 2019.

MACHADO, Maria das Dores Campos. O discurso cristão sobre a “ideologia de gênero”. Estudos Feministas, Florianópolis, v. 26, n. 2, p. 1-18, 2018.

MELLO, Luiz; AVELAR, Rezende Bruno de; BRITO, Walderes. Políticas públicas de segurança pública para a população LGBT no Brasil. Estudos Feministas, Florianópolis, v. 22, n. 1, p. 297-320, 2014.

MIRANDA, Cynthia Mara. Os movimentos feministas e a construção de espaços

institucionais para a garantia dos direitos das mulheres no Brasil e no Canadá. Interfaces Brasil/Canadá, Canoas, v. 15, n. 1, 2015, p. 347-385. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/interfaces/article/download/6721/4632. Acesso em: 25 mar. 2019.

MOREIRA, Alberto da Silva. Pensamento crítico, autônomo e emancipatório hoje, no Brasil. Caminhos, Goiânia, v. 17, n. 1, p. 404-413, jan./jun. 2019.

MORENTE, Marcela Cristina Oliveira de. Invadindo o mundo público: Movimentos de mulheres (1945-1964). São Paulo: Humanitas, 2017.

O FEMINISMO NO BRASIL (entrevista). Revista Estudos Feministas, Florianópolis, v. 2, n. 2, p. 429-443, 1994. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/ref/ article/download/16222/14770. Acesso em: 28 mar. 2019.

OSTOS, Natascha Stefania Carvalho de. A questão feminina: importância estratégica das mulheres para a regulação da população brasileira (1930-1945). Cadernos Pagu, Campinas, n. 39, s/p., July/Dec. 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-83332012000200011. Acesso em: 03 abr. 2019.

REIMER, Haroldo. Hermenêutica ecológica de textos bíblicos. Uma Janela sobre o Mundo Bíblico, 2006. Disponível em: http://www.abiblia.org/ver.php?id=1259>. Acesso em: 16 jun.2019.

RICHTER REIMER, Ivoni. Religião, Gênero e Ecologia. Caminhos, Goiânia, v. 11, n. 2, p. 89-92, 2013. Disponível em: . Acesso em: 05 jul. 2019.

RICHTER REIMER, Ivoni. Terra e água na espiritualidade do movimento de Jesus: contribuições para um mundo globalizado. São Leopoldo: Oikos; Goiânia: Ed. da PUC Goiás, 2010.

RICHTER REIMER, Ivoni. Grava-me como selo sobre teu coração: teologia bíblica feminista. São Paulo: Paulinas, 2005.

RICHTER REIMER, Ivoni; JANSSEN, Claudia. História das Mulheres nas Letras do Apóstolo Paulo: perspectivas a contrapelo da história interpretativa. Caminhos, Goiânia, v. 11, n. 2, p. 170-184, 2013. Disponível em: . Acesso em: 05 jul. 2019.

RUETHER, Rosemary Radford. Ivone Gebara: teóloga ecofeminista latino-americana. Mandrágora, São Bernardo do Campo, v. 20, n. 20, p. 175-185, 2014. Disponível em: http://dx.doi.org/10.15603/2176-0985/mandragora.v20n20p175-185. Acesso em: 02 abr. 2019.

SCHÜSSLER FIOREZA, Elisabeth. Caminhos da Sabedoria: uma introdução à interpretação bíblica feminsta. Tradução: Monika Ottermann. São Bernardo do Campo: NhandutiEditora, 2009.

SIQUEIRA, Vilson José de. Santa Dica: relações de gênero em Lagolândia - Goiás na primeira metade do século XX. Dissertação – Mestrado em História, PUC Goiás. Goiânia, 2016. Disponível em: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3368. Acesso em: 05 jul. 2019.

SOUZA, Sandra Duarte de. Teoria, Teo(a)logia e espiritualidade ecofeminista: uma análise do discurso. Mandrágora, São Bernardo do Campo, v. 6, n. 6, p. 57-64, 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/cam.v17i4.7489

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Ivoni Richter Reimer

Rodapé - Caminhos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


CAMINHOS | Revista do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-778X | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (09/03/2016 - 10/03/2020)

Fonte: Google Analytics.