PAI NOSSO REVOLUCIONÁRIO, PARCEIRO DOS POBRES, DEUS DOS OPRIMIDOS”: APORTES PARA UMA ANÁLISE SOCIOLÓGICA DA PASTORAL DA JUVENTUDE (PJ)

Igor Adolfo Assaf Mendes, Joilson de Souza Toledo

Resumo


O campo religioso católico apresenta-se com uma grande diversidade. A relação que cada agrupamento, deste campo, tem com a sociedade, é profundamente variada. A compreensão dos diversos segmentos demanda o uso de aportes apropriados para a investigação. Tomaremos a Pastoral da Juventude (PJ), segmento da Igreja Católica mais afinado com a Teologia da Libertação. Em nossas pesquisas sobre o fenômeno religioso que se dá na PJ, temos trabalhado com dois autores básicos Pierre BOURDIEU e Michael LÖWY. Com Pierre BOURDIEU (1989; 2007) estudaremos o conceito de religião enquanto sistema simbólico estruturado e estruturante. Nas pesquisas de Michael LÖWY (2000; 2014; 2016) debruçar-nos-emos sobre a religião e a política na América Latina, com o conceito de Cristianismo da Libertação, com seus pressupostos e desdobramentos. Nele encontramos aportes significativos para a pesquisa sobre grupos que se constroem a partir da Teologia da Libertação, dentre eles a PJ. Assim sendo, nesta comunicação, pretendemos apresentar um corpus conceitual que nos tem auxiliado na investigação das experiências que se dão na PJ e como esta se tem constituído como um espaço de (des) construção de contextos sociais a partir da práxis de jovens e assessores do seguimento de Jesus no compromisso com os empobrecidos.

Palavras-chave


Religião; Teologia da Libertação; Práxis; Pastoral da Juventude; Empobrecidos; Religion; Theology of Liberation; Praxis; Youth Ministry; Impove.

Texto completo:

PDF

Referências


BOFF, Clodovis. Teologia e prática: teologia do político e suas mediações. Petropolis: vozes, 1978.

BOFF, Leonardo; BOFF, Clodovis. Da Libertação: o teológico das libertações sócio-históricas. Petropolis: Vozes, 1979.

BOFF, Leonardo, Jesus Cristo Libertador. Petropolis: vozes, 1972.

BOURDIEU, Pierre. Genèse et structure du champ religieux. In: Revue française de sociologie, 12-3, 1971, p. 25-334. Disponível em: < http://www.persee.fr/doc/rfsoc_0035-2969_1971_num_12_3_1994 >, Acesso em 03/02/2018.

BOURDIEU, Pierre. Economia das Trocas Simbólicas. 6 ed. São Paulo: Perspectiva, 2007.

BOURDIEU, Pierre. O Poder simbólico. Lisboa: Difel, 1989.

DICK, Hilário. Mínimo do mínimo para anunciar uma boa-nova à juventude. Caderno ciência e fé. V. 1. N. 3. Curitiba: Champagnat, 2013.

FRAINER, Jean Davi. Primavera ou inverno pastoral? Uma analise sociologica das transformações na Pastoral da Juventude em Santa Catarina. Dissertação (Mestrado em Sociologia Política) – Universidade Federal de Santa Catarina, 2015.

GALILEA, Segundo. Teologia da Libertação: ensaio de síntese. São Paulo: Paulinas, 1978.

GUTIÉRREZ, Gustavo. Teologia da Libertação: ensaio de síntese. São Paulo: Paulinas, 1978.

GUTIÉRREZ, Gustavo. A Força Histórica dos Pobres. Petrópolis: Vozes, 1981.

LEMOS, Carolina Teles. Max Weber nas leituras do catolicismo. Caminhos, Goiânia, v. 3, n 2, p. 233-252, jul/dez. 2005. Disponivel em: <>. Acesso em .

LÖWY, Michael. A Guerra dos deuses: religião e política na América Latina. Petrópolis: Vozes, 2000.

LÖWY, Michael. A jaula de aço: Max Weber e o Marxismo Weberiano. São Paulo: Boitempo, 2014.

LÖWY, Michael. El cristianismo de la liberacion y la izquerda en Brasil. Anuario IEHS 24 (2009), pp. 465-476. Disponível em: < http://anuarioiehs.unicen.edu.ar/Files/2009/Michael%20L%C3%B6wy%20El%20Cristianismo%20de%20la%20Liberaci%C3%B3n%20y%20la%20Izquierda%20en%20Brasil.pdf >. Acesso em: 20/03/2018.

LÖWY, Michael. O Catolicismo latino-americano radicalizado. Estudos Avançados. São Paulo 1989, v.3, n, 5. p. 50-59. Disponível em < https://www.revistas.usp.br/eav/article/view/8509/10060 >. Acesso em 28 mar 2018.

LÖWY, Michael. O que é Cristianismo da Libertação? Religião e Política na América Latina. Expressão Popular: São Paulo, 2016.

MARIÁTEGUI, José Carlos. El hombre y el mito. In: El alma matinal y otras estaciones del hombre de hoy. Mariátegui: Politica e Revolucionaria – contribucíon a la critica socialista. Tomo III. Caracas: El pero la rana, 2010, p. 47-52. Disponível em: < http://www.cenal.gob.ve/wp-content/uploads/2015/11/El-alma-matinal.pdf > Acesso em Acesso em 28 mar 2018

PASTORAL DA JUVENTUDE NACIONAL, Bora falar de Pastoral da Juventude? Roteiros de rodas de conversa para apresentar e falar da Pastoral da Juventude aos grupos de Jovens. São Paulo: CCJ, 2016.

RICHARD, Pablo. Força ética e espiritual da Teologia da Libertação: no contexto atual da globalização. São Paulo: Paulinas, 2006.

RUBIO, Alfonso Garcia. Teologia da Libertação: Política ou profetismo? São Paulo: Loyola, 1977.

SOBRINO, Jon. Fora dos Pobres não há salvação: pequenos ensaios utópicos-proféticos. São Paulo: Paulinas, 2008.

SOFIATI, Flávio Munhoz. A Juventude da teologia da libertação. Horizontes, Belo Horizonte, v. 10, n. 26, p. 333-356, abr./jun. 2012. (2012a). Disponivel em: . Acesso em Acesso em 28 mar 2018.

SOFIATI, Flávio Munhoz. Jovens em Movimento: O processo de formação da Pastoral da Juventude do Brasil. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal de São Carlos, 2004. Disponivel em: . Acesso em . >. Acesso em 28 mar 2018

SOFIATI, Flávio Munhoz. Juventude Católica: o novo discurso da teologia da libertação. São Carlos: EdUFSCar: 2012. (2012b).

SOFIATI, Flávio Munhoz. O novo significado da “opção preferencial pelos pobres” na teologia da libertação. Tempo Social, São Paulo, v. 25, n. 1, p. 215-34, junho 2013. Disponivel em: . Acesso em . Acesso em 28 mar 2018

SOFIATI, Flávio Munhoz. Renovação carismática e teologia da libertação: elementos para uma sociologia da juventude católica. In: Novas leituras do campo religioso brasileiro. Aparecida: Ideias&letras, 2014.

TAMAYO, Juan José. La Teología de La Liberación: En el nuevo escenario politico y religioso. 2 ª ed. Valencia: Tirant lo Blanch, 2011.

TOLEDO, Joilson de Souza. Hermenêutica Bíblica da Pastoral da Juventude: Cenários e Aproximação a partir de Ex 3,1-6. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião) – Pontifícia Universidade Católica de Goiás, 2016. Disponivel em: . Acesso em 28 mar 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/cam.v16i1.6369

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Igor Adoldo Assaf Mendes, Joilson de Souza Toledo

 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


CAMINHOS | Revista do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-778X | Qualis B1

Visitantes - (01/01/2006 - 15/10/2018)

País Usuários
Brasil 36.086 - 93,62%
Estados Unidos 679 - 1,76%
França 263 - 0,68%
Portugal 157 - 0,41%
Coréia do Sul 118 - 0,31%
Reino Unido 102 - 0,26%
Alemanha 83 - 0,22%
México 76 - 0,20%
Moçambique 65 - 0,17%
Total 38.922

Fonte: Google Analytics.