The Concept of Historical Consciousness of Jörn Rüsen in Narratives of Pilgrims: Sanctuary of Santiago de Compostela/Spain and Sanctuary of the Divino Pai Etertno/ Brazil

Maria da Conceição SILVA

Resumo


Abstract: this research investigates some narratives of faithful, pilgrims from the sanctuary of Santiago de Compostela and the sanctuary of the Divine Eternal Father in Trindade. The theoretical approach that underpins this research understands the human dimension from the typologies of historical consciousness as a lack of orientation of life (RÜSEN). Temporalities, past, present and future perspectives, are categories for the meaning of what it is to be a faithful pilgrim, who narrate common forms of devotion to Christianity. The experiences of this faithful pilgrim, whether male or female, represent the meaning of his lack of orientation given the human absences with losses as well as suffering.

A Consciência Histórica em Narrativas de Peregrinos: o Santuário de Santiago de Compostela e o Santuário do Divino Pai Eterno

Resumo: esta pesquisa investiga algumas narrativas de fieis, peregrinos e romeiros, do santuário de Santiago de Compostela e do santuário do Divino Pai Eterno em Trindade. O enfoque teórico que sustenta esta investigação entende a dimensão humana a partir das tipologias da consciência histórica como carência de orientação da vida (RÜSEN). As temporalidades, passado, presente e perspectivas de futuro, são categorias para o sentido do que é ser um fiel peregrino, que narram formas comuns de devoção ao cristianismo. As experiências desse fiel-peregrino, seja homem ou mulher, representam o sentido às suas carências de orientação dadas as ausências humanas com as perdas, bem como o sofrimento.


Palavras-chave


Keywords: Historical Consciousness. Pilgrims. Narratives. Europe. Brazil; Consciência histórica; Peregrinos; Narrativas; Europa; Brasil

Texto completo:

PDF

Referências


SÁNCHEZ BARGIELA, Rafael Sánchez. The way of St. James as a cultural route. In: The Way (The Origin). Xunta de Galicia. Cidade da Cultura de Galicia. Museo Centro Gaiás, p. 27-34, 2015.

DEUS, Maria Socorro de. Romeiros de Goiás: a romaria de Trindade no século XX. Dissertação. Mestrado em História das Sociedades Agrárias. Universidade Federal de Goiás. Goiânia, 2000.

DÍAZ DE BUSTAMANTE, José. Reliquias y listas de reliquias en el entorno del Codex Calixtinus. Identidad europea e intercambios culturales en el Camimo de Santiago (Siglos XI-XV). Santiago de Compostela: Universidade de Santiago de Compostela, 2013.

ELIADE, Mircea. O sagrado e profano: a essência das religões. Trad. Rogério Fernandes. 3.ed. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

ELIADE, Mircea. Mito do Eterno Retorno. Trad. José A. Ceschin. São Paulo: Mercuryo, 1992.

LEAL, Oscar. Viagem às Terras Goyanas (Brazil Central). Goiânia, GO: Editora UFG, 1980.

LÉVI-STRAUSS, Claude. Antropologia estrutural. Trad. Chaim Samuel Katz e Eginardo Pires. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1975.

LOPEZ, Segundo L. Péraz. Present and future of the Saint James Pilmage. In: The Way (The Origin). Xunta de Galicia. Cidade da Cultura de Galicia. Museo Centro Gaiás, p. 13-22, 2015.

http://www.catedraldesantiago.es/es/el-camino. Acesso em 08 de agosto de 2016.

http://amigosdocaminho.com.br/o-caminho-de-santiago-de-compostela. Acesso em: 08 de agosto de 2016; acesso em: 15 de outubro de 2016.

REALE, Giovanni. História da Filosofia: Do Humanismo a Kant. 7. ed. São Paulo: Paulus, 2005

RUCQUOI, Adeline. Santiago de Compostela y Europa: ¿intercambios? ¿Identidad?. In: MARTINEZ-MORÁ; et. al. Identidad europea e intercambios culturales en el Camimo de Santiago (Siglos XI-XV). Santiago de Compostela: Universidade de Santiago de Compostela, 2013.

RÜSEN, Jörn. Teoria da História: uma teoria da história como ciência. Tradução de Estevão C. de Rezende Martins. Curitiba/PR: Editora UFPR, 2015a.

RÜSEN, Jörn. Humanismo e Didática da história. Org. e Trad. Maria Auxiliadora Schmidt; et. al. Curitiba: W. A. Editores, 2015b.

RÜSEN, Jörn. Cultura faz sentido: orientações entre o ontem e o amanhã. Tradução de Nélio Schneider. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

RÜSEN, Jörn. Aprendizagem histórica: fundamentos e paradigmas. Trad. Peter Horst Rautmann, et.al. Curitiba: W&A Editores, 2012.

RÜSEN, Jörn. História viva: Teoria da História III: formas e funções do conhecimento histórico. Trad. Estevão Costa de Rezende Martins. Brasília: Ed. UnB, 2007.

RÜSEN, Jörn. Razão histórica: Teoria da História: os fundamentos da ciência histórica. Trad. Estevão Costa de Rezende Martins. Brasília: Ed. UnB, 2001.

SILVA, José Trindade da Fonseca. Lugares e pessoas – Subsídios eclesiásticos para a história de Goiás –. 1º.V. São Paulo: Escolas Profissionais Salesianas, 1948.

SILVA, Maria da Conceição. Política e hegemonia na Igreja Católica: um estudo sobre a Renovação Carismática. Goiânia: Kelps, 2001.

VIDOTTE, Adriana; RUI, Daílson José. Caminhos físicos, Imaginários e Simbólicos: O culto a São Tiago e a peregrinação à Compostela na Idade Média. Projeto História n.42, p. 143-161, junho de 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.18224/cam.v15i2.5988

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Maria da Conceição SILVA

 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


CAMINHOS | Revista do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-778X | Qualis B1

Visitantes - (01/01/2006 - 20/11/2018)
País Usuários
Brasil 39.977 - 93,63%
Estados Unidos 813 - 1,90%
França 286 - 0,67%
Portugal 190 - 0,44%
Coréia do Sul 127 - 0,30%
Alemanha 87 - 0,20%
Reino Unido 82 - 0,19%
México 78 - 0,18%
Moçambique 69 - 0,16%
Total 43.121

Fonte: Google Analytics.