Multiculturalismo e Capacidade Imaginativa no Domínio da Religião

Cristina Patriota de Moura

Resumo


As sociedades globalizadas se caracterizam também pelo conceito da pluralidade cultural, fruto da grande circulação de de pessoas, bens, valores e referências culturais. Neste contexto, o multiculturalismo surge como conceito teórico que diz respeito à  necessidade de acomodar outras concepções e outras práticas, diferentes daquelas dos grupos hegemônicos que idealizaram o univeralismo mas, ao mesmo tempo, colonizaram e oprimiram outros grupos, muitas vezes menosprezando suas práticas e visões de mundo no processo. Pensar a complexidade do mundo atual e reconhecer a diversidade de pontos de vista e interpretações da realidade significa a capacidade de imaginar também uma transcendência que não seja nem sectária nem homogeneizante. A gestão pacífica das diferenças é o caminho possível do multiculturalismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/cam.v5i1.439

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


CAMINHOS | Revista do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-778X | Qualis B1

Visitantes - (01/01/2006 - 15/10/2018)

País Usuários
Brasil 36.086 - 93,62%
Estados Unidos 679 - 1,76%
França 263 - 0,68%
Portugal 157 - 0,41%
Coréia do Sul 118 - 0,31%
Reino Unido 102 - 0,26%
Alemanha 83 - 0,22%
México 76 - 0,20%
Moçambique 65 - 0,17%
Total 38.922

Fonte: Google Analytics.