Pentecostalismo no Brasil numa Perspectiva Historiográfica: aportes teóricos e metodológicos

Elizete da Silva

Resumo


Este artigo aborda aspectos metodológicos sobre o Pentecostalismo. Analisa
as obras de Émile Leonard e de Emilio Conde. Trabalha com a documentação produzida pelas comunidades religiosas: Jornal Mensageiro da Paz, revistas, livros devocionais e memórias. A História Oral oferece experiências dos fiéis. Fontes externas fornecem dados sobre as relações com a sociedade. A História da Religião e a História Cultural propiciam significativos aportes teóricos.

Palavras-chave


Pentecostalismo; Historiografia; Brasil

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/cam.v12i2.3536

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

Rodapé - Caminhos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


CAMINHOS | Revista do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-778X | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (09/03/2016 - 10/03/2020)

Fonte: Google Analytics.