Dos Filhos deste Solo não Sou Mãe nem Gentil: do imaginário da mãe-terra à crítica eco-feminista

Nancy Cardoso Pereira

Resumo


Resumo:os usos míticos de terra & mãe exigem um circuito de interrogantes que faça a crítica dos imaginários e suas eficiências na cultura com seus desdobramentos políticos e econômicos. A quem interessa o discurso e a poética da mãe-terra? é mesmo tradição? quais as formas sociais de atualização desse imaginário?.
Palavras-chave: Terra. Mãe. Imaginário. Ecologia. Natureza. Ideologia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/cam.v11i2.2790

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

Rodapé - Caminhos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


CAMINHOS | Revista do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-778X | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (09/03/2016 - 10/03/2020)

Fonte: Google Analytics.