Paulo e os Conflitos na Antropologia Feminina

Isidoro Mazzarolo

Resumo


Resumo: a proposta desse artigo é um estudo em torno dos textos antifeministas
presentes em algumas cartas autênticas de Paulo e
outras deuteropaulinas Esses textos colocam em certa contradição
outras afirmações do próprio Apóstolo. Nosso estudo é mostrar
como esses textos não pertencem à estrutura original dos escritos
e não se coadunam com o pensamento geral de Paulo. Por outro
lado, tentamos mostrar que a origem do ?código da submissão
da mulher é posterior e fora do contexto paulino.

Palavras-chave: Paulo. Mulher. Antropologia paulina. Teologia da mulher.
Teologia de gênero.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/cam.v9i2.1719

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

Rodapé - Caminhos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


CAMINHOS | Revista do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-778X | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (09/03/2016 - 10/08/2020)

Fonte: Google Analytics.