HERMENUTICA(S) BÍBLICAS FEMINISTAS E CRÍTICA DAS TRADIES NA AMRICA LATINA

JIMMY SUDÁRIO CABRAL

Resumo


O artigo busca demonstrar o processo de desconstrução crítica dos fundamentos religiosos e culturais presentes nos textos sagrados da tradição judaico-cristã que serviram como alicerces de naturalização de assimetrias de gênero, legitimando a minoridade de mulheres na história do ocidente cristão. Fundado em uma crítica da suspeita, a hermenêutica feminista dos textos sagrados procurou demonstrar como textos sagrados estão vinculados a determinada ideologia religiosa e refletem relações de poder e violência sexista. Reagindo a uma cultura religiosa dominante, a hermenêutica bíblica feminista na América latina foi elaborada a partir de um forte ideal de emancipação e crítica das tradições.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/cam.v8i2.1303

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

Rodapé - Caminhos
 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


CAMINHOS | Revista do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-778X | Qualis CAPES Preliminar 2019 = A3

Visitantes - (09/03/2016 - 10/03/2020)

Fonte: Google Analytics.