"Então elas se lembraram das palavras dEle": memória e relações de poder nos cristianismos originários

Ivoni Richter Reimer

Resumo


o artigo analisa tradições bíblicas sobre a ressurreição de Jesus e o seu anúncio apostólico com o referencial da memória e em perspectiva de gênero. Buscando interpretar o passado e (re)significar o presente, essas tradições transmitem a Boa Nova da ressurreição e refletem complexas relações de poder, situadas num campo sociorreligioso perpassado por culturas androcêntrico-patriarcais. Na História da Igreja, o que se impôs
foi a interpretação e o modelo dogmático androcêntricos, que invisibilizaram o apostolado de mulheres, obstruindo o direito delas ao ministério pastoral ordenado. O estudo desafia a rever as tradições e as relações de poder construídas nelas e a partir delas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18224/cam.v4i2.110

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

 

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição Sem Derivações 4.0 CC BY-NC-ND


CAMINHOS | Revista do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Goiás | e-ISSN 1983-778X | Qualis B1

Visitantes - (01/01/2006 - 15/10/2018)

País Usuários
Brasil 36.086 - 93,62%
Estados Unidos 679 - 1,76%
França 263 - 0,68%
Portugal 157 - 0,41%
Coréia do Sul 118 - 0,31%
Reino Unido 102 - 0,26%
Alemanha 83 - 0,22%
México 76 - 0,20%
Moçambique 65 - 0,17%
Total 38.922

Fonte: Google Analytics.